EPISÓDIO 13

A terceirização no setor gráfico não é algo novo. A novidade está na utilização de plataformas digitais como meio para facilitar e acelerar esse processo. Quem nos conta sobre esse modelo são empresas que oferecem e utilizam tais canais. Conversamos com Felipe Augusto, da FuturaIM, com Wesley Ferreira, da Firstweb Gráfica, e com João Batista Alves dos Santos, da Athalaia.

Acesse o Ondas Impressas nos canais:

Podcast sobre a indústria de impressão

O universo da impressão é o tema central do Ondas Impressas. Do livro à embalagem, do banner ao display de ponto de venda, do têxtil à impressão 3D, o objetivo é colaborar com o debate sobre os temas mais relevantes para o setor. Empreendedorismo, tecnologia, inovação, mercado, gestão, sustentabilidade, formação de pessoas, todos os assuntos conectados ao universo da impressão cabem nessas ondas.
A cada 15 dias, sempre às quartas-feiras, um novo episódio vai ao ar nos principais agregadores de podcast. O primeiro episódio foi ao ar no dia 19 de fevereiro. A jornalista Tânia Galluzzi, que escreve sobre o setor há 30 anos na Revista Abigraf e na revista Tecnologia Gráfica, e o consultor Hamilton Costa, discutem, com a ajuda de convidados, as tendências e os desafios da indústria da impressão.

Os criadores do Ondas Impressas

Consultor, empresário, professor e autor. Mestre em Administração com foco em inovação, Hamilton Costa lida com o setor gráfico há mais de 40 anos. É Mestre em Administração pela FEI, com foco em Gestão de Inovação, graduado em Administração pela FGV, com MBA pela Fia/USP, além de cursos de extensão nos Estados Unidos e Japão.

Foi diretor de diversas empresas gráficas no Brasil e no México, além de ter presidido a Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica, ABTG. Hoje possui uma empresa de especializada em estratégia, desenvolvimento de negócios e pesquisas de mercado.

Durante 15 anos foi diretor para a América Latina da APTech, Association for Print Technology (ex-NPES) dos Estados Unidos. É autor do livro Gráfica – Uma Industria em Transformação e coautor em Transpromo – Oportunidades de Marketing em Documentos Transacionais, e foi um dos criadores do curso de Pós-graduação Gestão Inovadora da Empresa Gráfica na Faculdade de Tecnologia Senai Theobaldo De Nigris.

Formada em Jornalismo, com pós-graduação em Gestão de Mídias Digitais, Tânia Galluzzi escreve sobre a indústria da impressão há 30 anos. Essa trajetória de especialização no setor gráfico teve início na Revista Abigraf, publicação da Associação Brasileira da Indústria Gráfica, e consolidou-se com a produção da Tecnologia Gráfica, revista da Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica, ABTG, e da Faculdade de Tecnologia Senai Theobaldo De Nigris, a qual Tânia edita desde o primeiro número, em 1996, quando a publicação nasceu ainda em formato de boletim.

Ao longo dessas três décadas, a jornalista teve também a oportunidade de prestar assessoria em comunicação para várias empresas do setor gráfico. O trabalho de Tânia Galluzzi é também reconhecido em outros setores. Em 2015 conquistou o Prêmio Petrobras de Jornalismo com a matéria Anatomia de um incêndio, sobre o maior incêndio em um terminal de combustíveis no Brasil, publicada na Revista Fundabom em junho de 2015, órgão oficial do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo.